terça-feira, 15 de dezembro de 2015

DIÁRIO DE CINEMA: (condensado)

Reparei que tenho feito posts para um único filme e com um comentário bem ralo (e besta, né). Por isso, resolvi condensar vários filmes que anotei impressões sucintas em uma única postagem. Os seguintes foram assistidos em 2010.

Matilda


Diretor: Danny Devito
Não é o tipo de filme que procuro ver. Vi por acaso na sessão da tarde. A voz da memina é tão sem emoção. Achei pretencioso em querer ser uma história já clássica e bonita.

Nota: 5,5


Duplex


Incrível! Tem muitas voltas e o enredo é bem elaborado, o ambiente, a situação e tudo mais. Na trilha sonora está "Água de Beber" de Tom Jobim.

Nota: 8,5

Nunca é Tarde Para Amar

Não é tão ruim. Tem umas pegadas bacanas mas umas reflexões sobre a vida não muito boas. É no todo um pouco vago. E fotografia de verão desnecessária.

Nota: 5,5

A Nova Onda do Imperador


Diretor: Mark Dindal
Detalhista e caricato, na forma de desenho que se fazia antes. O personagem Kronk rouba a cena. Mas não é nada sem a complementação do imperador. Dublagem de Selton Mello.

Nota: 7,5

Um comentário:

Livros & Entretenimento disse...

Olá :)
Descordo totalmente acerca sobre Matilda u.u